Eu, Tu, Ela, Nós: Sob o Olhar de Kali – Devaneios da Deusa

Compartilhe com muito Amor ...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Tumblr
Tumblr
Email this to someone
email
Share on Yummly
Yummly

Olá minha linda Menina Magicka! Está tendo um bom dia?

Amanhã seu dia começará diferente! Ao acordar você não será mais quem você é!

Isso mesmo, não terá mais a identidade de Ana ou Maria ou Francisca. Você será a Energia Feminina.

Você será Uma Mulher, Você será Todas as Mulheres, Você será Nós as Mulheres. Essa é a dádiva que hoje eu lhe trago!

Passará seu dia todo percebendo e sentindo o Mundo como se fosse Todas e experienciando a sua relação com a Energia Feminina.

Lembre-se que tudo que percebe do Mundo você percebe porque tem essa vibração dentro de você, sejam feedbacks positivos ou negativos, amor ou dor, vivencial de luz ou de sombra … se você percebe, sente e vivência é porque há essa abertura dentro de você provinda de sua própria caminhada.

Essa dádiva é de Despertar …. despertar para si mesma como você cria a sua realidade, como você atrai aquilo que você deseja e claro como você vem sorvendo e tratando a Energia da outra Mulher … com Fusão ou com Ego?

________________________________________________

As manifestações de Kali são numerosas. No entanto, sua aparência externa, tanto nos textos quando na arte, assim como sua natureza básica e personalidade geral, não variam muito. Na sua forma usual de cor negra, Kali é uma divindade terrível que inspira temor, que assusta a todos por sua aparência.

Na sua iconografia mais usual, Kali carrega em uma de suas quatro mãos uma espada desnuda – seu instrumento para vencer os inimigos e comandar os males; em outra, a cabeça cortada de um demônio, e as outras duas mostram gestos que indicam ausência de medo e benevolência (abhaya e varada). Algumas vezes, a cabeça decepada é substituída por uma cuia feita de crânio, cheia de sangue.
Abhaya é a essência de todo o ser de Kali. Abhaya é uma das suas disposições mentais permanentes, é sua garantia contra todos os temores que, incorporados nela, se tornam inoperantes ou que apenas agem sob o seu comando. Indicando seu poder ilimitado de destruição, o aspecto assustador de Kali é seu poder para dispersar o mal e o perverso, e com isso se assegura novamente a ausência de medo.

Se você está impaciente em suas buscas mundanas ou espirituais e ainda se depara com os véus da ilusão Kali é para você. Quando é invocada por mantras Kali responde com um poder direto que, com frequência, atinge em cheio aspectos estimados dos apegos do SEU NOSSO EGO.

Kali também dissipa os véus da ilusão para que você simplesmente possa enxergar, claramente, que a sombra nada mais é que um reflexo do que há experienciado dentro de você.

texto Tamaris Fontanella

Compartilhe com muito Amor ...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Tumblr
Tumblr
Email this to someone
email
Share on Yummly
Yummly