Ciclicidade feminina – Devaneios da Deusa

Compartilhe com muito Amor ...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Tumblr
Tumblr
Email this to someone
email
Share on Yummly
Yummly

\\\"\\\"A mulher se perde a partir do momento em que acorda. Com sua agenda lotada e milhões de afazeres que a esperam a cada manhã, ela se distância do próprio equilíbrio.

Você sabe em que estação do ano estamos? Que lua está regendo a nossa Terra nesse momento?

Parece loucura eu te perguntar isso, até porque na cidade de pedra para que você precisa saber disso!?

A natureza sabe exatamente a estação do ano em que está, sabe que na primavera tudo nascerá, no verão tudo estará repleto de seu poder, no outono deve se preparar para um acolhimento e reserva de energia e no inverno deve descansar e eliminar o que não serve mais e assim ter forças e renascer novamente.

Essa própria natureza sabe que ao longo desse caminho de ciclo de vida, morte e renascimento existem miniciclos regidos pelas fases da Lua. Ela simplesmente sabe!

Nossa vida reflete todo o ciclo da natureza, fazemos parte dela, somos ciclos que se engatam uns aos outros, uma espiral de novidades, reencontros, repetições e libertações.

Como Mulheres, nossos ciclos estão mais conectados com a energia da Lua, nosso corpo entende diretamente pelo mecanismo da menstruação o alinhamento com os trânsitos lunares.

Eu voltarei para te falar mais desses ciclos lunares e como as energias femininas são trabalhadas com essa nova consciência.

Meu convite hoje é para que sinta mais a presença dessa natureza cíclica em sua vida. Que tal fazer um diário sobre suas sensações, sentimentos e acontecimentos da semana e marcar além da data a lua do dia?

Uma coisa eu te prometo: depois de uns dois meses escrevendo em seu diário vai descobrir muito da sua natureza cíclica.

#despertarfeminino #saberedesdethea #jornaldotrem #viver #mudança #sagradofeminino #femininosagrado #tamarisfontanella #devaneiosdadeusa #naturezaciclica

Artigo publicado em 24/01/2019 no Jornal do Trem em São Paulo

 
 
 
 
 

Compartilhe com muito Amor ...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Tumblr
Tumblr
Email this to someone
email
Share on Yummly
Yummly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *